Que Baco nos acuda.

03/09/2015 às 12:55.

1 Bilhão.

 Esse deverá ser o valor que o Governo arrecadará em 2016, com a mudança na tributação do Imposto sobre Produtos Industrializados (o famoso IPI). Estamos falando de VINHOS, vodcas, uísques, cachaças, conhaques e outros destilados. 

Quer fazer parte do Vinhozinho Clube online de graça? Clique aqui 

Essas mudanças valerão a partir de Dezembro, e os impostos sobre esses produtos deixarão de ser cobrados de acordo com o modelo da Receita Federal, que valia desde 2008, e agora passarão a ter alíquotas que variam de 10% a 30%. 

A Receita Federal deu um exemplo: se uma garrafa de vinho custar R$ 100, o imposto cobrado será de R$ 10, ou seja, 10%. As alíquotas mais altas, de 30%, incidirão sobre uísques e vodcas. As cachaças terão alíquota de 20%.

A medida amplia a receita tributária do governo porque, atualmente, independentemente do valor da bebida, o imposto incidente é tabelado. Um vinho caro e outro barato sofrem o mesmo valor de IPI, hoje, de 78 centavos. 

Sentiu o tamanho do drama?

De duas uma: ou começamos a estocar vinho desde já ou desligamos a Adega e partimos para a abstinência. Que Baco nos acuda!